Você conhece o São Jorge?

O santo “São Jorge”, aquele que luta contra um dragão, todos conhecemos. Mas você sabe quem foi o cristão Georgios? Sabia que ele foi um importante cristão e que não negou a sua fé, preferindo a prisão e a tortura do que negar a Cristo?

Georgios (Γεώργιος – seu nome em grego), é natural da antiga cidade de Capadócia, viveu entre 275 e 303 d.C. (que hoje faz parte da República da Turquia), ainda na infância mudou-se para a Palestina. Seu pai, Gerôncio morreu em batalha, sua mãe Policrômia o educou com todo zelo e carinho na fé cristã.

Na adolescência, , alistou-se no exército e devido ao seu exemplar desempenho, logo foi promovido a capitão do exército romano. Sua dedicação e habilidade foi favorável e admirável ao imperador Diocleciano (244-311 d.C.), que não hesitou em atribuir a Georgios o título de Conde da Província de Capadócia, aos 23 anos. Ele morava na Corte Imperial em Nicomédia, seu carisma era de extrema notoriedade e antes de completar 30 anos de idade, tornou-se encarregado como guarda pessoal do imperador. Após a morte de sua mãe, decidiu doar toda sua herança aos podres e necessitados, atraindo atenção, até então, desconhecida para sua fé cristã.

No dia 23 de Fevereiro de 303 d.C, o imperador Diocleciano, influenciado por Galério (e certamente por outros pagãos da corte), publicou um édito contra os crisãos que ordenava prender todos que não ofereciam sacrifícios aos deuses romanos e todos os soldados que se declaravam cristãos. No mesmo dia, foi incendiada a igreja cristã situada em frente ao palácio imperial.

Georgios por ter acesso direto ao imperador tentou explicar sua fé ao imperador, mas não obteve êxito. Pelo contrário o imperador tentou persuadi-lo a negar sua fé, porém ele foi fiel à sua crença e mesmo sendo preso e torturado de vários modos, permaneceu inabalável em Cristo. Diocleciano, mandou degolar Gergios no dia 23 de Abril de 303, mas seu martírio não foi em vão e seu testemunho de fé é um exemplo para todos nós, cristãos. Ainda nos tempos do império romano fé brotou no coração de muitos romanos e a história de Georgios foi importante para isto. Inclusive Prisca a mulher do imperador que se converteu ao Cristianismo.

E esta é a história de um grande homem de Deus, que não negou sua fé em Cristo e se manteve firme mesmo diante da tortura e martírio. Portanto é uma história que não deve ser esquecida por nenhum cristão. A história de Georgios (conhecido como São Jorge), me lembra o capítulo 11 do livro de Hebreus, quando diz:

“…Alguns foram torturados e recusaram ser libertados (…). Outros enfrentaram zombaria e açoites, outros ainda foram acorrentados e colocados na prisão, apedrejados, serrados ao meio, postos à prova, mortos ao fio da espada (…). O mundo não era digno deles…” Hebreus 11:35-38, grifo nosso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: