A igreja é mais forte que a perseguição

“Sanguis Martyrum est semen Ecclesia”
(“O sangue dos mártires é a semente da igreja.”)

Esta frase é de Tertuliano de Cartago (160 d.C. a 220 d.C.), que ao viver sob forte perseguição contra os cristãos, argumenta que a perseguição não impedirá o avanço do cristianismo.

Precisamos resgatar este sentimento, resgatar esta vida dedica a Cristo e não a nós mesmo. Fé no salvador e confiança na salvação. Para que, se preciso for, sejamos cristãos dispostos a pagar com a vida o preço da nossa conversão. Infelizmente muitos de nós abandonam a fé (ou suas igrejas locais) porque pintaram as paredes de uma cor que não gosta, ou porque alguém sentou na “cadeira dele(a)”; ou até mesmo porque o pastor agora “prega sem gravata” ou cortou o cabelo diferente.

Cristãos com uma fé tão superficial, jamais serão capazes de fazer do sangue deles a semente da igreja. Esta frase é uma citação maravilhosa “Sanguis Martyrum est semen Ecclesia“, mas que não pode ser apenas uma frase de efeito utilizada para lembrar dos homens e mulheres do passado. É preciso refletir se estamos dispostos a sofrer as últimas consequências desta máxima de Tertuliano de Cartago. Refletir se somos cristãos verdadeiros ou se somos apenas frequentadores de igrejas.

Por: Ricardo Moreira Braz do Nascimento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: