O seio de Abraão

A expressão Seio de Abraão aparece nas palavras de Jesus sobre o Rico e o Lázaro, em Lucas 16:22-23: “E aconteceu que o mendigo morreu e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico e foi sepultado. E, no Hades, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão e Lázaro, no seu seio.

Existem três expressões muito comuns entre os judeus, para expressar o futuro estado da bem-aventurança:

  1. O jardim do Éden, ou paraíso;
  2. Trono da glória;
  3. Seio de Abraão.

Na literatura judia (não sagrada é claro) aparece, algumas vezes, Abraão dando a bem-vinda aos que chegam ao paraíso. Mesmo Jesus uma vez descreveu o paraíso como um lugar onde “virão do Oriente e do Ocidente, e se sentarão à mesa com Abraão” (Mateus 8:11).

É justamente esta a figura na história de Jesus, em Lucas 16. De conformidade com a teologia judaica, esse paraíso ou seio de Abraão fazia parte do hades, que abrigava os bem-aventura­ dos ou justos. A ideia do seio de Abraão tem por trás o pensamento de comunhão e filiação. O homem justo, com toda a razão, era considerado filho de Abraão. Na passagem de João 18:23, vemos que estar no seio era o lugar dos convidados mais favorecidos. Essa referência, naturalmente, não deve ser entendida literalmente, mas sim, da posição mais próxima ao mestre, no arranjo dos móveis.

Na qualidade de hóspede favorecido no céu, ou paraíso, Lázaro descansava no seio de Abraão, pai da família espiritual. Sua alma sobrevivia à morte teológica, e isso sem interrupção alguma da própria consciência. O seio de Abraão é usado para fazer forte contraste com a outra porção do hades, onde impera o castigo. Na história de Lucas, um grande abismo foi fixado, não podendo haver comunicação entre os lados bom e mau do hades. Isso sugere destinos fixos.

Por: Ricardo Moreira Braz do Nascimento

Referências

Dicionário Bíblico Vida Nova, Editora Vida Nova, 2000

Enciclopédia Semeie, William A Santos, 2013

NTLH, Bíblia de Estudos. Sociedade Bíblia do Brasil. 2.000

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: