Breve biografia: Apóstolo Pedro

Ao que parece, originalmente chamava-se Simeão (Atos 15:14), pode ter adotado o nome grego semelhante, Simão. O evangelho de João dá seu lugar de origem como a fortemente gentia Betsaida (João 1:44), mas ele também tinha casa em Cafamaun (Marcos 1:2); ambas ficavam à margem do lago. Pedro trabalhava com o pescador e falava aramaico com forte sotaque (Marcos 14:70).

Não era instruído na lei (Atos 4:13, o que não está relacionado com a alfabetização), mas foi provavelmente influenciado por João Batista (Atos 1:22; João 1:39). Era casado (Marcos 1:30), e a mulher o acompanhava em viagens missionárias (1 Coríntio 9:5).

Chamado de Pedro

Foi apresentado a Jesus por André (João 1:41), provavelmente antes do ministério galileu de Jesus, o que tom a mais compreensível sua decisão “ instantânea” junto ao lago (Marcos 1:16); o chamado dos doze veio depois (Marcos 3:l6). Jesus o chamou Kepha (“ Cefas”, rocha ou pedra), que aparece no NT com o “ Pedro”.

Ele participava do círculo íntimo dos três, era com frequência impulsivo e agia com o porta-voz do grupo (Marcos 9:2-5; 14:29). Sua rejeição de Jesus foi catastrófica (Marcos 14:66), mas ele foi especificamente restabelecido após a ressurreição (Marcos 16:7; Lucas 24:34; João 21:15).

Comissão de Pedro

A confissão de Pedro e a resposta de Jesus em Mateus 16:16 é uma das passagens mais discutidas do NT. Alguns estudiosos a rejeitam por completo, entendendo que Jesus jamais pretendeu iniciar uma igreja, outros a situam depois da ressurreição, mas esses questionamentos dificilmente fazem justiça à clareza da passagem.

Ainda não há unanimidade para interpretá-la; há duas abordagens principais.

  1. Uma diz que “a rocha” é o que Pedro disse ao confessar Jesus como o Messias; em outras palavras, a doutrina apostólica de Cristo. Essa tem o mérito de se adaptar bem ao contexto; toca no centro da função apostólica; Pedro, primeiro entre os apóstolos, tem um nome que o proclama.
  2. A segunda abordagem diz que o próprio Pedro é a pedra fundamental da igreja, porque o versículo 19 é dirigido diretamente a ele. Mesmo assim, a passagem refere-se à fundação da igreja e não permite transferir suas provisões a nenhum sucessor de Pedro. Mas não há dúvida de que aqui e em outras partes há a primazia de Pedro entre os apóstolos.

Pedro na igreja primitiva

É Pedro que toma a liderança da comunidade antes do Pentecostes (Atos 1:15) e, depois, passa a ser o pregador principal (Atos 2:14), porta-voz (Atos 4:8) e administrador de disciplina (Atos 5:3). Ele também foi o primeiro apóstolo associado à missão gentia (Atos 10:1), da qual se afastou após oposição (Gálatas 2:11), mas ainda foi o primeiro a urgir plena aceitação dos gentios com base apenas na fé (Atos 15:7). Sua pregação apresentava a mesma ênfase na cruz e na ressurreição que a de Paulo, embora lhe desse diferente expressão.

É difícil traçar sua carreira depois da morte de Estêvão. É evidente que liderou missões na Palestina (Atos 12 ) e foi para Antioquia (Gálatas 2:11) e talvez Corinto (1 Coríntios 1:12). Ele está intimamente ligado aos cristãos da Asia Menor (1 Pedro 1:1). É quase certo que escreveu a epístola de 1 Pedro em Roma, e Clemente de Roma (pai da igreja) dá a entender que Pedro ali morreu durante a perseguição de Nero. A tradição de que foi crucificado de cabeça para baixo não pode ser considerada fidedigna.

 

Fonte:

Dicionário Bíblico Vida Nova. Editor: Derek Williams; Tradução: Lucy Yamakam I [etal.]. São Paulo: Editora Vida Nova, 2000.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: